Museu TAM eleito um dos10 MELHORES DO BRASIL

 

O Trip Advisor, um dos maiores agregadores de dicas de viagem e turismo, com a ajuda de seus usuários, elegeu os 10 Melhores Museus do Brasil no prêmio Travellers’ Choice 2013.

O Museu TAM, em São Carlos, é o único museu de aviação na lista, que conta também com o museu de arte contemporânea a céu aberto Inhotim, em Minas Gerais e o Museu do Futebol, em São Paulo.

Ficou curioso pra saber mais sobre esses museus e preparar um roteiro cultural? Trouxemos dicas sobre alguns deles:

Museu TAM

Com mais de 90 aeronaves entre pioneiros, clássicos, jatos e caças, a maioria em plenas condições de voo, o Museu TAM é ideal para os aficionados por aviação. A interatividade é um dos destaques do passeio, permitindo que os visitantes entrem em alguns aviões, além dos simuladores de voo. A criançada tem uma ala dedicada só para eles no Espaço TAM Kids e até mesmo os uniformes das comissárias de voo ajuda a compor o acervo, com exemplares de diferentes décadas e lugares do mundo.

Endereço
Rodovia SP 318, km249,5 – Água Vermelha
São Carlos/SP – À 250km de São Paulo

Horários de Funcionamento
De quarta a domingo, das 10h00 às 16h00.
Entradas permitidas somente até às 15h00.

Preços
Crianças até 6 anos de idade: grátis;
Crianças de 7 a 12 anos, Idosos acima de 60 anos, Estudantes e Professores:  R$12,50
Adultos: R$25,00
As quartas-feiras, a entrada de todos os visitantes é gratuita.

Centro de Arte Contemporânea Inhotim

Inhotim

O acervo artístico abriga mais de 500 obras de artistas de renome nacional e internacional, expostas a céu aberto ou em galerias temporárias e permanentes, situadas em um Jardim Botânico de 97 hectares, e em toda a área são encontradas espécies vegetais raras, em um terreno que conta com cinco lagos e reserva de mata preservada.

O espaço desenvolve também pesquisas na área ambiental, ações educativas e um programa de inclusão e cidadania para a população.

Localizado em Brumadinho, cidade mineira à 60km de Belo Horizonte, no século XIX, o terreno do Inhotim pertencia a um minerador inglês, de nome Timothy – o “Senhor Tim”, que, na linguagem local, acabou virando “Nhô Tim” ou “Inhô Tim”, batizando assim o museu.

Endereço
Rua B, 20 – Inhotim
Brumadinho/MG – À 60km de Belo Horizonte

Horários de Funcionamento
De terça a sexta das 9h30 às 16h30;
Sábados, domingos e feriados das 9h30 às 17h30.

Preços
Terça – Grátis
Quarta e Quinta – R$ 20,00
Sexta, sábado, domingo e feriados – R$ 28,00
Crianças até 5 anos de idade – Grátis, todos os dias.
Crianças de 6 a 12 anos, Idosos acima de 60 anos, Estudantes e Professores pagam meia entrada.

Museu do Futebol

Museu do Futebol

O Museu do Futebol reúne memórias e acontecimentos que marcaram a história do futebol brasileiro, com um acervo distinto, que independe de objetos e outras coisas materiais.Uma das formas de narrar esses acontecimentos é a partir de vídeos, fotos e experiências sensoriais. A exposição de longa duração do Museu do Futebol conta com mais de 1.500 imagens fotográficas e 5 horas de vídeos.Situado dentro do Estádio Paulo Machado de Carvalho, o famoso Pacaembu, o museu tem uma arquitetura diferenciada, que ajuda a mostrar os contornos internos do estádio.

Endereço
Praça Charles Miller, S/N – Estádio do Pacaembu
São Paulo/SP

Horários de Funcionamento
De terça a domingo, das 09h00 às 17h00.

Preços
Crianças até 7 anos de idade: grátis;
Estudantes, aposentados e maiores de 60 anos: R$3,00;
Público em geral: R$6,00;
As quintas-feiras, a entrada de todos os visitantes é gratuita.

Clique aqui e confira a lista completa dos museus eleitos e planeje seu roteiro cultural!

Lembramos que informações como preço e horário de atendimento, entre outras, podem ser alteradas a qualquer momento. Antes de visitar os museus, recomendamos consultar as informações atuais com o atendimento de cada local ;)

Fotos: Divulgação.

Comentários: (1)


Comente esse post

Todos os comentários do blog passarão por moderação da equipe monitora, sendo excluídos todos os comentários contendo quaisquer tipos de ofensas ou discriminações.

Comentários

  1. Sônia Rolim Reis

    Parabéns aos organizadores .”Precisamos da arte e da história para não morrermos de verdade”