Arquivo da tag: viagem

DESTINO #9: SANTIAGO VOLTA AO MUNDO ONEWORLD

 

“La Roja Mete Miedo”. Hola, Chile, que tal? Que bela maneira de nos receber, já na saída do aeroporto, depois de 16 horas de viagem, três jogadores da seleção nos avisam que eles não estão indo pro Brasil pra brincar. Porque, se depender deles, não só vai ter Copa, como a Copa já começou — no Barrio Meiggs, uma espécie de 25 de Março de Santiago, bem perto da estação Central de trens e metrô, principalmente.

Assim como na versão Paulistana, o que não falta são todos os tipos de produtos imagináveis pra se usar e fazer barulho durante o Mundial — mas, ao invés do verde e amarelo, reinam o vermelho, azul e o branco, as cores da bandeira deles.

Mas, as semelhanças com o Brasil acabam por aí.

Entre Buenos Aires e São Paulo, Santiago me pareceu a cidade que mais funciona, como um todo. É tranquila, bonita, consciente — politica, cultural e turisticamente. Por exemplo, em todas as ruas, em todos os muros, há cartazes e pichações com algum tipo de mensagem; há ruas e calçadas largas; monumentos, bandeiras, praças… Segue a coisa EUROPEIA desses países, mas você sabe que está na América do Sul pela quantidade de cachorros na rua.

E não aqueles vira-latas magrelos a que estamos acostumados. Labradores, Huskys… Vivem de boa, por aí, tranquilos. A vida é boa pra eles por lá. ;D

Além disso, todas as pessoas lá são bastante simpáticas. Sabe quando falam sobre povo hospitaleiro? Sempre que precisamos, a galera nos ajudou com boa vontade, sorriso no rosto… Não é assim tão comum ver essas coisas.

Por exemplo, o “host” do Donde Augusto, o restaurante de frutos do mar onde almoçamos, no Mercado Central. Ele me convenceu a almoçar por lá com a camisa do Corinthians pendurada na parede, mas fez questão de que fotografássemos e filmássemos tudo. Explicou com paciência cada uma das coisas, e enfim. Comi uma Centolla (ou simplesmente Caranguejo Real, GIGANTESCO!) e estava deliciosa, uma Paila Marina, prato típico do Chile, que é uma sopa cheia de frutos do mar e tomei o tal do Pisco Sour. É azedo e suave… Mas, rapaz, é forte. :D

Santiago está cercada de montanhas por todos os lados. INFELIZMENTE não foi possível ver os montes nevados com neve — ou vê-los de qualquer maneira, já que a neblina tava bem forte — mas ao subir o Cerro San Cristóbal, ver a cidade de cima e o por do sol atrás dos tais montes, essa foi, seguramente, uma das coisas mais bonitas que vi nessa Volta ao Mundo oneworld.

Lá em cima tomei o Mote con Huesillos, provavelmente a coisa mais típica que se pode beber no Chile. É tipo um chá, doce, MUITO DOCE, com pêssego desidratado e trigo. Não é muito bonito de se ver, mas pra quem gosta de coisas meladas e geladas, é uma ótima. :D

Desisti de subir até a Inmaculada Concepción, que é tipo o Cristo Redentor deles, porque a escada não era assim tão convidativa — e eu já aliviei meu carma com o Buda, em Hong Kong. Aí, com o sol já posto, fui encontrar a Valentina, que me apresentou o fortíssimo Piscola e me levou até o Liguria, um restaurante também tipicamente chileno, onde comi uma Plateada Asada al Horno e um purê “a La Chilena”, que não tem muito a ver com o que estamos acostumados aqui e… Nossa, nossa. NOSSA! Que delícia! :D

Enfim, ficamos um tempo bastante curto em Santiago, mas deu tempo de conhecer o que é preciso, inclusive uma estátua Rapa Nui direto da Ilha de Páscoa e os famosos Café con Piernas. Pretendo voltar, pra mais Piscolas, Plateadas e Centollas — e espero, quando o fizer, que o dinheiro lá tenha um pouco menos de zeros, porque é uma confusão MALUCA.

Mas valeu muito a pena. ;)

TAGS: , , , , , , , Comentários: (0)


Comente esse post

Todos os comentários do blog passarão por moderação da equipe monitora, sendo excluídos todos os comentários contendo quaisquer tipos de ofensas ou discriminações.

DESTINO #3: MADRID VOLTA AO MUNDO ONEWORLD

 

por: Thiago Borbolla

Hola tíos! Que pasa? Tudo bem por aí? Cheguei em Madrid e foi a primeira vez que coloquei meus pés na Europa, vindo diretamente do país que resume boa parte do que nós conhecemos da América. “Hóstia”, quanta diferença!

As ruas pequenas – ou melhor, as ruas MÍNIMAS, monumentos pra onde quer que você olhe (sabia que, quando há uma pessoa sobre um cavalo, a posição do bicho demonstra como ela morreu? Se de causas naturais, heroísmo, em batalha…), praças enormes e escondidas, paralelepípedos e uma sensação enorme de comunidade. Em todos os cantos possíveis.

Acho que é exatamente nisso que a Europa se baseia, hoje, né? :)

Eu não sabia o que esperar quando cheguei por aqui e fui me surpreendendo em cada ponto. Desde os mais recheados de turistas aos mais escondidos entre os madrileños – pontos esses que se misturam o tempo todo. Num segundo momento você está na Plaza Mayor, recheado de gente do mundo todo e, dependendo da saída que escolhe, acaba numa ruazinha mínima, apertada, silenciosa… E linda!!!

E como essa tal de Europa é linda! Oh, España… :D

Meu primeiro dia na cidade começou muito bem, depois de uma siesta no hotel para descansar das mais de 12h em trânsito. A primeira coisa que comi por lá foram Huevos Rotos con Jamón – um tipo de presunto com ovos fritos. Mistura tudo (acompanhado de um belo “pan”, claro!) e que coisa deliciosa! Como é considerado petisco, quase todos os lugares da cidade vendem isso e é muito, muito barato, algo que me chamou a atenção.

Andando por toda a região central da cidade, passei pelo antigo Palácio Real da cidade, um monumento lindo a Miguel de Cervantes – com Dom Quixote e Sancho Panza – depois o Senado, o Marco Zero e, fugindo da chuva, encontrei um bar que vende até Velho Barreiro. E essa é mais uma característica da Europa: onde quer que você coloque os pés, vai ter sempre ALGUMA COISA a mais. Nenhuma loja é só uma loja, nenhum bar é só um bar… Tirando aquelas coisas que são 100% pra fisgar turista: nessas — em TODAS — há alguma menção ao futebol.

Assim como Buenos Aires, Madrid respira o esporte – com o Real e o Atlético mais do que bem nessa temporada – e em TODAS AS ESQUINAS há bufandas (que são aquela espécie de cachecol largo), camisas originais e falsificadas… De tudo quanto é time, claro. Cheguei a ver mais camisas do Messi que do Cristiano Ronaldo no centro da cidade, mas este cenário mudou, claro, quando fui conhecer o gigantesco estádio Santiago Bernabéu.

De longe já parece grande, mas, dentro, com o tour – que começa depois de mais de 5 lances de escada rolante – é inacreditável!!! E lindo! Absolutamente lindo – o que, com a trilha sonora de Plácido Domingo, só ajuda a dar um ar mais épico a tudo aquilo. Da sala de troféus aos vestiários, passando pelo gramado e, claro, a loja oficial. Ouve-se o tenor e vê-se Cristiano Ronaldo em todas as partes.

Do outro lado da cidade, porém, os madridistas ficam longe. Adesivos já dão as “boas vindas” a eles no entorno do Vicente Calderón, o estádio do Atlético. Não havia tour, só mesmo uma loja oficial enorme. Mas foi legal poder visitar mais esses dois templos do futebol, algo que essa viagem está me permitindo fazer. Fui até lá com a Cristina, uma vlogger que conheci em Los Angeles, três anos atrás, que se auto-denominou “la peor guía de Madrid”. Ela me levou a um café que gosta muito de ir, e que é quase um esconderijo no meio da Plaza de España, me apresentou uma “cerveza con limón” e me acompanhou em muitas dessas andanças. Gracias, Cristty! :)

É incrível o que essa Volta ao Mundo oneworld começa a fazer comigo a partir de agora: me mostrar um Novo Mundo. E é surpreendente. Como brasileiro, enxergo tudo isso, toda essa história, tudo que está a meu alcance como algumas das coisas mais modernas que se pode ter, ver e sentir…

Engraçado é que tem gente que chama isso de Velho Mundo…  ;)

TAGS: , , , , , , , , , , , Comentários: (0)


Comente esse post

Todos os comentários do blog passarão por moderação da equipe monitora, sendo excluídos todos os comentários contendo quaisquer tipos de ofensas ou discriminações.

VOLTA AO MUNDO oneworld

 

Agora somos oneworld, e para marcar essa nova fase convidamos o Thiago Borbolla, o Borbs, editor do site Judão, para dar uma volta ao mundo com as companhias que fazem parte dessa aliança.

Ele vai passar pelos seguintes países: Argentina, Qatar, Estados Unidos, Espanha, Alemanha, Inglaterra, Hong Kong, Austrália e Chile, e vai nos contar o que tem de mais incrível em cada um deles.

Quer saber como vai ser essa experiência? Assista ao vídeo e acompanhe tudo sobre essa viagem sensacional aqui pelo blog e pelas nossas redes sociais. O Borbs vai contar tudo pra gente!

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , , , Comentários: (0)


Comente esse post

Todos os comentários do blog passarão por moderação da equipe monitora, sendo excluídos todos os comentários contendo quaisquer tipos de ofensas ou discriminações.

Chocolate: uma PAIXÃO MUNDIAL

 

Que chocolate é irresistível, todo mundo já sabe. Mas você sabia que hoje é comemorado o Dia do Cacau? Sem falar que a Páscoa também está se aproximando, junto com aquela vontade de saborear um bom chocolate! Pensando nisso, listamos alguns destinos e eventos que celebram e contam a história dessa delícia no Brasil e pelo mundo.

Começamos por Genebra, onde encontramos a L’Escalade de la Marmite (a escalada do caldeirão). Neste evento, os suíços festejam com desfiles, carros alegóricos e muito chocolate pelas ruas da cidade, próximo à catedral Saint Pierre. E você sabe por que os chocolates da Suíça são tão famosos? Foi lá que o amargo cacau foi misturado ao leite e ao açúcar, onde ficou com um sabor irresistível que conquistou a todos!

O chocolate também é uma paixão dos belgas e dos franceses. Em Mons, na Valônia, Bélgica, é organizada a Fête du Chocolat (Festa do Chocolate), onde os turistas podem degustar os produtos e aproveitar os shows que acontecem durante o evento. Em Paris, na França, acontece o Salon du Chocolat, onde chocolatiers e chocólatras se encontram em um evento gigantesco, que acontece no Centro de Exposições – Paris Expo Porte de Versailles.

Já em Turim, na Itália, a atração é o Cioccolatò – o ci vai, o ci sei, um festival onde é possível comprar produtos diversos, sendo que ele reúne o que há de melhor na produção da cidade. Os participantes também podem participar de demonstrações, seminários e conhecer o processo de fabricação da iguaria na fábrica de chocolate montada no centro da cidade.

O Brasil também oferece destinos interessantes para quem é amante do chocolate. Quer aproveitar o friozinho do Outono? Em Campos do Jordão, no estado de São Paulo, você pode se deliciar com a infinidade de combinações que o chocolate ganha. Fondues, tabletes, drágeas com frutas, chocolate com licores, chocolate branco, chocolate quente… As opções são muitas e a sensação é única para quem procura chocolates artesanais.

Outra opção é a Bahia. Você sabia que o estado é a maior região produtora no Brasil? Por lá também encontramos o Salon du Chocolat, um evento que apresenta novas receitas e produtos, obviamente, feitos com chocolate.

Encerramos nosso post em Gramado, no Rio Grande do Sul, com o Reino do Chocolate. O local impressiona os turistas por sua área, de 1,6 mil metros quadrados, onde é possível conhecer a história do chocolate, além de saborear todas as delícias em uma cafeteria.

Ficou com água na boca? Então não deixe de assistir a esta matéria da TV TAM Nas Nuvens. Carla Fiorito foi à Serra Gaúcha, onde visitou a fábrica de chocolate mais antiga do país – e até tomou banho de chocolate!

 

TAGS: , , , , , Comentários: (1)


Comente esse post

Todos os comentários do blog passarão por moderação da equipe monitora, sendo excluídos todos os comentários contendo quaisquer tipos de ofensas ou discriminações.

Comentários

  1. Vanessa

    o melhor chocolate que ja comi foi na 5° avenida em new york….

Museus bem diferentes PELO MUNDO

 

Visitar museus é uma atividade quase obrigatória no roteiro de quem viaja para fora do país. E quase sempre, os museus famosos são os únicos visitados, deixando passar outros não tão conhecidos, porém muito interessantes.

Selecionamos alguns para quem curte museus com uma pegada diferente.

1-  Neon Museum Bonevard – Las Vegas

Las Vegas é famosa pelos cassinos e letreiros luminosos a céu aberto. Que tal conhecer um pouco desta história? A exposição “Neon Museum Bonevard” conta com mais de 150 sinais luminosos que antes enfeitavam fachadas de atrações, hotéis, lojas e que também foram um marco para a cidade, servindo de inspiração para artistas durante anos, como o Cesar’s Palace, Silver Slipper e Stardust.

2- The Bronx Museum of The Arts – Nova York

Fundado em 1971, o Museu de Arte do Bronx (em tradução literal) é um espaço dedicado a exposições de arte moderna e contemporânea, de artistas estabelecidos e novos que servem culturalmente à área do Bronx.

O museu abriga exposições temporárias, (como sobre a Tropicália em 2006) como permanentes, de obras latino-americanas, africanas, asiáticas e de artistas cujas obras foram influenciadas pela vivência no Bronx.

3- Titanic The Experience – Orlando

Uma atração sem igual: visitantes do museu revivem toda a história do naufrágio do Titanic, como retratado por James Cameron no cinema. Os detalhes minimalistas fazem os espectadores se sentirem como se realmente estivessem no navio.

Entre as atrações do Titanic The Experience, está a réplica das escadas e do salão principal em que Rose (Kate Winslet) desce para encontrar Jack (Leonardo DiCaprio) para a festa no filme de Cameron. A exposição conta com mais de 20 mil metros quadrados de história para você conferir. Imperdível.

4- Bata Shoe Museum – Toronto

Bata Shoe Museum, ou Museu do Sapato, possui em seu acervo mais de 12 mil pares de sapatos. A coleção é composta por calçados chineses e sandálias do antigo Egito até as modernas sandálias-plataformas.

Os sapatos ficam expostos sobre prateleiras baixas cheias de espelhos na parte da frente para que, enquanto os visitantes apreciam as peças, os sapatos que estão em seus pés sejam refletidos formando um tipo de exposição paralela.

 

Quando viajar, saia do convencional e visite atrações curiosas pelo mundo, como estes museus!

Foto: Divulgação/NeonMuseum

TAGS: , , , , , , , , Comentários: (1)


Comente esse post

Todos os comentários do blog passarão por moderação da equipe monitora, sendo excluídos todos os comentários contendo quaisquer tipos de ofensas ou discriminações.

Comentários

  1. Bruna

    Olá boa tarde, seria a realização de um sonho para mim, poder trabalhar nesta empresa a qual sempre arranca elogios de seus colaboradores e principalmente de seus clientes.
    Se houver vaga para alguma área por gentileza entrar em contato, com certeza estarei feliz só em poder participar da seleção.

    Atenciosamente,
    bruna Meneses.